BLOG DO LA - Fotos, Notícias e Festas dos Famosos por Luiz Alberto Barcellos: Paolla Oliveira é a entrevistada da semana na Revista PORTFOLIO

domingo, 15 de agosto de 2021

Paolla Oliveira é a entrevistada da semana na Revista PORTFOLIO

 

A minha entrevistada deste domingo, 15/08, é ninguém menos que Paolla Oliveira. Dona de um talento surpreendente, que encanta este repórter e milhões de telespectadores e fãs. Paolla Oliveira tem um jeitinho doce, simples e totalmente acessível. Pouco comum entre tantas outras estrelas da mesma grandeza. Nascida sob o signo de Áries ela tem temperamento forte, tem foco e sabe como gerir, passo a passo, a sua bela carreira como ninguém. Obviamente cercada de excelentes profissionais que lhe dão todo o suporte necessário. Paolla é generosa e atenciosa. Mulher encantadora! E esta é mais uma entrevista que tenho orgulho de apresentar para vocês. A minha entrevistada falou de trabalho, família, bichos, carnaval e as novidades que vem por aí. Não vou me estender na apresentação. Espero que curtam, divirtam-se e tenham um bom domingo!


LUIZ ALBERTO: Paolla, quero te agradecer por dedicar um tempo para mim, viu? Como você já sabe, esse nosso bate papo de vídeo está sendo gravado para depois ficar à disposição dos leitores no canal REVISTA PORTFOLIO no Youtube.

PAOLLA OLIVEIRA: Ok, entendi, está sendo gravado, tenho que tomar cuidado com o que eu falo (risos)

LUIZ ALBERTO: Háháhá! Aqui é tranquilo! Seja bem vinda linda!

PAOLLA: Obrigada, amor!

LUIZ ALBERTO: Você começou como assistente de palco do programa Passa ou Repassa, com Celso Portiolli lá no SBT, certo?

PAOLLA: Sim (risos)

LUIZ ALBERTO: E aí, em 2004 foi para uma novela, Metamorphoses, na Record TV. Logo depois foi para Globo fazer um dos protagonistas de O Profeta, fazendo a mocinha Sônia, que eu amei, porque sou noveleiro de carteirinha! Nossa, como eu chorava com a Sônia...

PAOLLA: (cortando) Eu amo a Sônia! Está passando reprise da Sônia em algum lugar e eu estou vendo de novo pelo Instagram, você acredita?

LUIZ ALBERTO: Ahhh quero rever! Você acredita que eu tive uma TV no escritório só para poder ver esta novela?

PAOLLA: Ai que fofo...

LUIZ ALBERTO: E a pobrezinha da Sônia sofria muito, ela sofreu até o final (risos)

PAOLLA: Mas posso falar? Foi tão gostoso de fazer... E eu estava descobrindo também as artes, descobrindo o PROJAC, descobrindo o que nem eu imaginava o que seria a minha vida, então, foi muito gostoso fazer a Sônia.

LUIZ ALBERTO: Você não pensava, na adolescência, em ser atriz?

 PAOLLA: Não. Com a criação que eu tive, não pensava em muita coisa, sabe? (risos) Você conhece um pouquinho da minha família, meu irmão é parceiro da revista. Eu não imaginava o que ia acontecer e nem que eu podia fazer. Porque a gente sonha muito, sou muito sonhadora. Eu coloco metas...

LUIZ ALBERTO: (cortando) Ariana, né?

PAOLLA: Era tão distante de mim... É, uma boa ariana, né? Era distante.

LUIZ ALBERTO: Eu aqui, Áries, ascendente Áries, com Lua em Áries, minha filha, Acredita??? (gargalhadas)

PAOLLA: Você???

LUIZ ALBERTO: Simmmmm...Há, há, há!

PAOLLA: Jesus me socorre! Menino, menino... (gargalhadas)

LUIZ ALBERTO: A gente é pá pow! Responde na hora não é!

PAOLLA: (cortando) Eu sofro dessa praticidade, dessa rapidez, dessa agilidade. Que às vezes é muito bom, bota a gente pra frente, mas às vezes é difícil.

LUIZ ALBERTO: É, às vezes a gente fala demais... Eu agora não me arrependo mais porque não tenho mais tempo de me arrepender das coisas. Mas a gente fala demais (risos).

PAOLLA: (risos) Fala sim.

LUIZ ALBERTO: Essa característica do ariano, não sei se você á assim, a gente sonha e nossos sonhos estão sempre se realizando. O que a gente sonha e se concretiza.

PAOLLA: Tem um dizer, não sei exatamente qual o nome vou dar pra isso, mas as pessoas estão falando muito em Co-Criação. Seria aquilo o que a gente pensa, bota energia e já é uma realidade, não é assim ainda, mas será. Então, acho que o ariano é muito assim, eu sou assim. A maioria dos trabalhos de publicidade que fiz na vida eu desejava tanto fazer... Eu imitava, eu era uma adolescente que nem imaginava, não era uma realidade pra mim, como falei, mas eu imitava comerciais, botava roupas, fazia assim sozinha. Então, acho que existe a energia que a gente coloca nesse lugar dos sonhos que ainda não são realidade, mas, para gente é.

LUIZ ALBERTO: Você sabe os verbos do ariano? Eu sou. Eu quero. Eu posso. São os três verbos.

PAOLLA: Isso mesmo. (risos)

LUIZ ALBERTO: Tinha um amigo meu, que vivia implicando comigo em relação a isso, porque eu falava assim, “gente, mas não é assim” Aí ele dizia, “eu sei, eu quero, eu posso, tá bom!” Era assim... (risos)

PAOLLA: (risos) Na hora do pessoal quer implicar, acabam colocando nossas virtudes como defeitos, isso é uma verdade. Mas, eu sei, eu quero, eu posso, são verbos de efeito. De força, de poder, de potência, não é?

CONTINUE LENDO A ENTREVISTA AQUI