BLOG DO LA - Fotos, Notícias e Festas dos Famosos por Luiz Alberto Barcellos: SEM A PRESENÇA DO MARIDO E USANDO ALIANÇA, O HUMORISTA PAULO GUSTAVO, VOLTA A APRESENTAR O ESPETÁCULO "220 VOLTS", SUCESSO DE PÚBLICO EM TODO BRASIL

domingo, 10 de janeiro de 2016

SEM A PRESENÇA DO MARIDO E USANDO ALIANÇA, O HUMORISTA PAULO GUSTAVO, VOLTA A APRESENTAR O ESPETÁCULO "220 VOLTS", SUCESSO DE PÚBLICO EM TODO BRASIL

Depois de um ano em turnê pelo Brasil, Paulo Gustavo comemora o sucesso de "220 Volts" em uma temporada com um palco à altura de sua produção. A Casa Tom Brasil recebeu uma mega estrutura que conta com seis toneladas de equipamentos, efeitos especiais, telão de Led de alta definição, dezenas de trocas de roupa. Destaque para um dos figurinos que o estilista Fause Haten criou especialmente para Paulo Gustavo, composto por 60 mil cristais swarovski e sua peruca importada de Nova York.

Depois da estreia, na noite da última sexta-feira, aconteceu ontem, sábado, a segunda apresentação (de um total de 9 espetáculos - até dia 24/01, no palco da casa Tom Brasil, localizada no bairro de Chácara Santo Antônio, zona sul de São Paulo.

Com participação especial do ator e humorista Marcus Majella, a apresentação faz um recorte do universo feminino. No palco, Gustavo interpreta seis personagens que representam tipos totalmente diferentes, como a Mulher Famosa, a Mulher Feia, a Senhora dos Absurdos, a Vagaba, uma apresentadora de programa culinário mau-caráter e Ivonete.

A idéia de transpor ‘220 volts’ para o teatro surgiu com o fim do programa e o desejo de manter vivos os personagens mais marcantes, agora no teatro. “Sempre ouço pessoas pedindo a volta do programa. Então, resolvi fazer um espetáculo no qual eu pudesse trazer para o palco as seis personagens mais bombadas, as mais queridas. Assim, eu poderia continuar fazendo outras coisas na TV e manter essas figuras vivas no teatro. Só tem mulheres nesse espetáculo por uma questão de logística, pois não tinha como fazer e tirar maquiagem virando homem e mulher simultaneamente”, explica Paulo Gustavo.

220 volts’ marca também a parceria profissional e a amizade de Paulo Gustavo com Marcus Majella. “Ele é o único ator com quem eu já contracenava antes. Marquinhos é meu amigo de escola, a gente se formou, fez o ‘220 Volts’ e estamos no ‘Vai que Cola’ juntos. É um amigo maravilhoso que quero levar para toda a vida”, afirma Paulo. E Majella completa: “Ele é uma referência no humor para mim, mas acima de tudo, tenho a honra de chamá-lo de meu amigo. Nos conhecemos há 12 anos. Por várias vezes, ele ensaiou ‘Minha mãe é uma peça’ na sala da minha casa. Fil e Paulo escreveram um personagem especialmente para mim no ‘220 volts’, o Marquinhos. Eu quase não consegui fazê-lo por uma questão contratual. Porém, quando ambos me disseram que, se eu não o interpretasse ninguém o faria, fiquei surpreso e feliz”.

A montagem traz ainda uma ficha técnica de peso: os cenários são assinados por Abel Gomes; e a iluminação ficou a cargo de Maneco Quinderé. Antes de estrear no Rio, a peça passou por Niterói, Maceió, Recife, Natal, Aracaju, Goiânia, Porto Alegre e Novo Hamburgo. ‘220 volts’ é o terceiro espetáculo de Paulo Gustavo, após os grandes sucessos ‘Minha mãe é uma peça’ e ‘Hiperativo’. Fotos de Manuela Scarpa/Brazil News


Os amigos, Marcus Majella e Paulo Gustavo
Paulo Gustavo
Bailarinos do espetáculo
Marcio Canuto com a esposa
Daniel Bouzas
Marcio Kieling
Solange Frazão com o namorado Pyero Tavolazzi

EM CENA