BLOG DO LA - Fotos, Notícias e Festas dos Famosos por Luiz Alberto Barcellos: A NOITE DE LILIANE CHIEPPE, CAPÍTULO FINAL.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

A NOITE DE LILIANE CHIEPPE, CAPÍTULO FINAL.

A noite prometia, tudo estava convergindo para um acontecimento onde a boa conversa e o alto astral iriam prevalecer. E prevaleceu! Ao atravessar os imensos e belos jardins, fomos recebidos pelo querido Cláudio Pitanga, na imensa e convidativa porta de entrada de uma sala ampla, porém, aconchegante e decorada com enorme bom gosto. No canto da sala um espelho de três metros de altura, original de 1798 fabricado em Gênova, Itália, e que foi presente da tia do marido Cláudio, Glicia Vasconcelos, fazendo contraponto com esculturas de Hilal Sami Hilal, obras de artes de vários artistas brasileiros e móveis modernos assinados por designers renomados. Tudo isso, sob um pé direito central de oito metros. As enormes portas envidraçadas levavam à varanda, debruçada sobre a praia, que se fundia com a sala, transformando tudo em um ambiente só. Todo esse espaço acomodava com tranquilidade 300 convidados. 

Mas tudo isso não se compara a um caloroso “seja bem vindo” do anfitrião e a calorosa saudação de Glauce Vasconcellos, da filha Manon com o marido Manoel Rodrigues. Gente, adoro vocês demais! Nada se compara ao abraço caloroso de Dulce Siqueira, que atravessou um grupo de pessoas, para dizer que sentia minha falta. Ah, Dulce, você é o máximo. Muito querida, muito querida mesmo. E assim foi. Encontrar com Suely Matias, para este colunista, é algo que repõe minhas energias. Trocamos elogios e carinhos. E eu mais, porque eu acho Suely tudo! Casada com Marquinhos Murad, ambos vendem boa energia e amor. E vamos combinar, Marquinhos também é uma pessoa ótima. Pra lá de bom sujeito. Duda Buaiz, com o nosso querido Claudinho Resende, que é um cara totalmente do bem. Conversando com ela, descobri uma pessoa bem humorada, sagaz, esperta e competente na lida com a empresa da família. Duda, você é uma pessoa extremamente legal, extremamente bacana. Também, sendo filha de quem é (Tania e Américo) e irmã de quem é (Marcus) não poderia dar em outra coisa. Só senti não poder terminar minhas frases. Muito barulho, né? Muita interferência, né? Seu sorriso idêntico ao de sua mãe Tania Buaiz, me fez gostar ainda mais de você. E digo e repito que, igual a você, pessoas que não me dizem nada é melhor abstrair de meus relacionamentos. O mundo anda muito rápido e o tempo é curto para bobagens. Pena eu não ter tido a oportunidade de terminar as minhas frases por causa dos ruídos externos que atrapalhavam minha comunicação com você. Aí você veria que o bom humor é fundamental em minha vida. Esse negócio de frase cortada ao meio, para nós que trabalhamos com comunicação, sabemos, as interpretações podem ser outras. E não esqueça, me prometeste uma entrevista. Vai ser ótimo. Garanto que vamos rir muito. Te adorei, viu, Duda? De verdade.

Voltando aos outros convidados, e Késsia, heim? E Letícia, heim? E Joana e Simone, heim? E Cinthia, heim? E Márcia, heim? E Sueli, heim? E Eulália, heim? E Brunela, heim? E Ticyana, heim? Que família bonita, elegante e, simplesmente, simples. Então, vai lendo mais. Ana e Tony Ferreira, José Anthero com sua bela Bernadete Bragatto, Adriana Leal, queridos Claudinha Louzada e Edu Negrão, Beto e Rossana Diniz, Roberta e Tadeu, Fabinho Buldog, o advogado José Carlos Stein Junior, os simpáticos Rose e Elvécio Faé, o divertidíssimo Ricardo Vieira (esse cara é ótimo), Sandrinha Fonseca, Leila e Sérgio Tristão um casal muito legal e os queridos Leila e João Miguel não podem deixar de ser citados por mim. Gente! E o que era o joalheiro paulista Marcello de Figueiro? Talvez a pessoa mais animada e mais divertida da festa. Todo mundo gostou. Minhas amigas queridas, que carinhosamente chamo de “as colegas” estavam lá, são elas: Francesca Couto, Madile Nicchio, Vera Negri e Thelma Araújo. Meninas, eu teimo em não usar óculos. Vocês tem que me futucar sempre para que eu possa vê-las. Porque eu adoro encontrar com vocês. A querida Sandra Dalla Bernardina comandando o buffet e de olho no serviço. Muita champã, muita alegria, muito tudo. Quem não saiu aqui, aguarde a revista na semana que vem. Termino dizendo que Liliane Chieppe é uma das pessoas mais sensíveis, mais queridas que tenho em minha vida. Liliane é daquelas que a gente quer estar perto o tempo inteiro. Tem a frase certa para o momento certo. E vou dizer pra vocês, feliz de quem tem esta mulher encantadora como amiga. E por enquanto é só. Ah, e aproveito para contar uma novidade. Com a revista voltando a circular, estamos a pleno vapor e com novidades que os amigos de verdade vão se encher de alegria. A propósito, notaram que eu chamo grande parte das pessoas de “queridos”? Eu conto por que. Estamos em tempos difíceis. Grande parte das pessoas não se entendem nos dias de hoje. O atual baixo astral do país cansado e “sacolejado” pra lá e pra cá tornaram as pessoas um pouco impacientes. Eu faço a minha parte tentando transmitir boas energias para todos os lados. Sabem por quê? É muito difícil viver em meio a tanta agressividade. Mas o pior mesmo são bajulações, más intenções, provocações, enfim, está na hora de todos nós passarmos a ignorar esses sentimentos péssimos e extrair desses encontros o melhor do melhor. E como diria Ferdinando, “Uma salva de amor para todo mundo: AMOOOORRRR!”. Então, Liliane lacrou na festa e eu decidi lacrar no texto.
Liliane e seu marido Cláudio
Joana Chieppe
Sandrinha Fonseca comLeila e João Miguel
Eulália e Décio Chieppe
Duda Buaiz
Com Suely Matias
Francesca Couto, Madile Nicchio, Vera Negri, Liliane, Thelma Araújo e Marcello De Figueiro
Manon e Glauce Vasconcellos
Rossana Diniz, Leila e Sérgio Tristão, Dulce Siqueira